Make your own free website on Tripod.com

 

        Poesia

Ah! Aos elos sombrios da terra fugi;
E dancei sobre as asas de prateado riso;

Subi ao sol no azul delirante,
E fiz cem coisas, sem juízo;
Que ignoras, persegui o vento, 

Subi, balancei, girei;
A picos uivantes fui com leveza e aço;
Bel alto onde a águia nunca esteve presente
Lancei minha vida por salões de ar sem chão;
E seguindo, mente calada;
Na santidade alta e inviolada do espaço;
Senti a presença de...
Deus.

                                        Autor desconhecido

 

<< voltar